Menu
  • Centro Integrado
  • Contato
  • Tratamentos

    Saúde bucal

    Como mulher você sabe que em certas fases vida você precisa de cuidados extras com sua saúde. Como quando você se torna madura e mudanças acontecem, como na puberdade , na menopausa, e em tempos que requerem atenção especial, como durante a gravidez.

    As mulheres tendem a ter mais cuidados com seus dentes, com a higiene oral, do que os homens, mas sua saúde oral não é significamente melhor do que a deles devido aos episódios de oscilação hormonal que as acompanham por toda vida adulta.

    A doença periodontal é a maior causadora de perdas de dentes em adultos,hoje sabemos que, 75% da população acima dos 25 anos, é portadora de alguma doença na gengiva.(tanto homens quanto mulheres)

    Vamos entender agora exatamente o que é esta doença, como ela surge e como fazer para previni-la e trata-la.

    A doença periodontal é uma infecção ,causada por bactérias  que afetam a gengiva que circunda os dentes, nesta fase esta doença é chamada Gengivite. Quando a gengivite não é diagnosticada e tratada a tempo ela pode evoluir para a Periodontite, que atinge também os tecidos de sustentação dos dentes, levando a perdas ósseas, deixando os dentes moles e nos estágios mais avançados á perda dos dentes.

    Alerta vermelho

    Gengivas saudáveis e corações saudáveis desempenham um papel fundamental para manter seu corpo saudável.

    Se suas gengivas sangram ao passar o fio dental, escovar os dentes ou mesmo espontaneamente, isto é sinal de que você( e mais 75% da população brasileira) é portador de uma das doenças das gengivas (gengivite ou periodontite).Por    se tratar de doenças normalmente silenciosas e indolores,exceto nos estágios mais a avançados, a maioria das pessoas não sabem que as tem , como também não sabem que as bactérias presentes na periodontite podem atingir outros órgãos do nosso corpo.

    Vários estudos científicos atuais realizados nos grandes centros de  odontologia e medicina do mundo tem provado, cada vez mais ,haver uma estreita relação entre doenças periodontais e doenças sistêmicas,como por exemplo: doenças pulmonares ,partos prematuros,enfarto,e outras doenças cardíacas.

    A pessoa que tem periodontite tem duas vezes mais risco de ter um ataque cardíaco do que a que tem suas gengivas saudáveis.

    As bactérias presentes na periodontite  podem,através da corrente sanguínea, migrar para o coração e durante este trajeto pelas artérias se aderirem as placas de gorduras presentes nas paredes das mesmas ,contribuindo para um engrossamento destas e com isso há uma diminuição da passagem de nutrientes e oxigênio fundamentais para o funcionamento do coração,podendo aumentar as chances de um ataque cardíaco,por exemplo.Em indivíduos com colesterol alto este  risco é ainda maior.

    A doença periodontal vem se somar a outros fatores de risco para doenças do coração como o fumo, o diabetes, sobrepeso, estresse ,etc.

    Como as doenças gengivais são causadas pelas bactérias existentes na boca que se aderem aos resíduos alimentares, concluímos então que prevenção destas doenças, esta literalmente em nossas mãos!

    Escovar os dentes após as refeições e passar o fio dental pelo menos uma vez ao dia além de proteger sua saúde bucal, protege também sua saúde geral.
    (fonte: A.A.Periodontology).

    A placa bacteriana é a grande vilã nesta histótia. Ela é formada por resíduos alimentares que não foram totalmente removidos dos dentes, estes resíduos servem de ‘’cola’’ para as bactérias que habitam na boca de todos nós(mais de 500 tipos) se aderirem, liberarem toxinas e induzirem a formação de carie e doenças da gengiva. Daí a grande importância de uma escovação eficaz e o uso frequente (pelo menos uma vez ao dia) do fio dental. Estas doenças podem ser agravadas por fatores como, o fumo, diabetes, stress,osteoporose e fatores hormonais e, é sobre eles que falaremos a seguir.

    Protegendo sua saúde Bucal por toda vida  

    Puberdade

    Durante a puberdade há um aumento no nível de hormônios, como a progesterona e estrogênio, causando um aumento de sangue circulante nas gengivas.
    Este aumento é a mais provável causa do agravamento da sensibilidade  e sangramento em gengivas  que já estejam  previamente inflamadas pela falta de higienização e isto acaba por  virar uma bola de neve, pois com as gengivas sensíveis a adolescente escova menos e a doença vai se agravando.E juntando-se a estes fatores,na maioria dos casos ,é nesta fase que os aparelhos ortodônticos são instalados,o que torna a escovação ainda mais difícil,portanto  um monitoramento freqüente  é  fundamental!

    Menstruação
    Algumas pacientes relatam, notarem um aumento do sangramento gengival e em alguns casos, as gengivas podem parecer inchadas. Estes sintomas tendem a desaparecer uns dias depois da menstruação. Mas devemos deixar claro, que, se os dentes estiverem completamente livres de placa, dificilmente estes sintomas se manifestarão.


    Gravidez

    Devido a algumas mudanças de comportamento comuns a esta fase como: alimentação mais frequente, eventuais episódios de vomito, diminuição da escovação ( as vezes por esta provocar naúseas), o Ph da saliva torna-se mais ácido e juntando-se ao fator hormonal, o risco de doença periodontal é sensivelmente aumentado nesta fase.

    As grávidas devem receber cuidados redobrados neste periodo, pois estudos recentes mostram que a mulher grávida com doença periodontal tem 7 vezes mais chance de ter parto prematuro e bebes de baixo peso, com todas as complicações e graves sequelas, desde problemas respiratórios até complicaçãoes neurológicas no recém-nascido.

    Por tanto, a gestante pode e deve receber orientação e acompanhamento profissional nesta fase, e quando o tratamento for necessário ele dever ser realizado, sim. Mas sempre tomando-se os cuidados devidos, com evitar tirar RX no primeiro trimestre de gestação e usar somente anestésicos específicos.


    Menopausa

    As mulheres durante a pré- menopausa e menopausa, podem sentir desconforto na cavidade bucal como, boca seca, ardência nas gengivas, alteraçãoes no paladar, gengivas mais flácidas e ás vezes inchadas.
    Seu dentista pode ajudar a melhorar estes sintomas, como o médico ajuda a melhorar todos os outros.
    Fique atento aos principais sintomas da doença periodontal:

    Fique atento aos principais sintomas da doença periodontal:

       1. Gengivas que sangram ao passar o fio ou a escovar os dentes.
       2. Halitose ( mau  hálito)
       3. Dentes abalados ( com mobilidade)
       4. Raízes aparentes
       5. Hipersensibilidade ( dor com alimentos frios)
       6. Gengivas muito avermelhadas e ou inchadas.

    Ao detectar algum destes sintomas, procure um dentista, ele vai, através de um exame clínico específico, exame radiográfico e principalmente uma  sondagem periodontal ,ser capaz de  diagnosticar e trata-lo ou encaminha-lo a um periodontista, que é o dentista especialista em gengivas.E lembre-se, as doenças gengivais tem uma forte relação com doenças cardíacas.Estima-se que o paciente portador de periodontite tem duas vezes mais chances de ter  alterações cardiovasculares, como o infarto, do que o paciente periodontalmente saudável!


    Portanto, cuide bem de você. Não se esqueça do fio dental!

     

    Dra Mônica Borghi, dentista. periodontista.

    CRO 40288/SP

    palestraunimeddepressãoInscriçãoplásticaCirurgia plástica palpebraPreenchimentoAcneBotoxPeeling de fenolLaserreceitaMiliumPeelingacupunturapeleCicatrizesnutricionista